GT-MRE é selecionado para a 2ª Fase de GTs Temáticos em EaD da RNP

O Grupo de Trabalho em Experimentação Remota Móvel (GT-MRE) do RExLab foi selecionado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) para continuar o desenvolvimento de ferramentas mobile para educação a distância (EaD). A pesquisa recebe financiamento da Capes e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Para o segundo ciclo, o GT-MRE pretende aplicar experimentação remota em cursos-piloto da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

Integrantes do RExLab apresentam trabalhos no SICT-Sul

PcELOPXeI1aGLhA1BNdo7HKPa4wGeRy3qoV21VuvLwI

 

O Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense (SICT-Sul) tem como objetivo proporcionar um espaço de divulgação, reflexão e integração da pesquisa, extensão e ensino das instituições envolvidas na diversas áreas do conhecimento, tecnologia e inovação.

Na sua quarta edição, o evento, que é financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), é realizado pelos campus Criciúma e Araranguá do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), campus Sombrio e Santa Rosa do Sul do Instituto Federal Catarinense (IFC) e câmpus Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Este ano o SICT-Sul tem como sede o IFC de Sombrio.

Integrantes do RExLab participaram desta edição em diversas modalidades, e uma delas foi a apresentação de trabalhos na modalidade oral. O RExLab teve dois artigos aceitos para apresentação oral, e seus representantes realizaram suas apresentações nos dias 11 e 12 de novembro.

Na quarta-feira (11/11), às 18:50, foi apresentado o trabalho “Uma Estratégia de Avaliação do Impacto da Experimentação Remota no Ensino de Física na Educação Básica”, representado pela bolsista de iniciação científica Isabela Nardi.

Na quinta-feira (12/11), às 19:10, foi apresentado o trabalho “Utilização de Jogos Digitais Educacionais em Dispositivos Móveis na Educação Básica: Uma Revisão Sistemática”, apresentado pelos integrantes do RExLab Josiel Pereira e Jakson Campos.

O público demonstrou muito interesse pelos trabalhos desenvolvidos pelo RExLab, consequência dada pela troca de conhecimentos causada pelo evento, algo muito importante para a divulgação do trabalho realizado pelos cientistas locais.

Integrantes do RExLab oferecem minicurso no SICT-Sul

12219616_905354889514054_4010356681369562985_n

O Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense (SICT-Sul) tem como objetivo proporcionar um espaço de divulgação, reflexão e integração da pesquisa, extensão e ensino das instituições envolvidas na diversas áreas do conhecimento, tecnologia e inovação.

Na sua quarta edição, o evento, que é financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), é realizado pelos campus Criciúma e Araranguá do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), campus Sombrio e Santa Rosa do Sul do Instituto Federal Catarinense (IFC) e câmpus Araranguá da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Este ano o SICT-Sul tem como sede o IFC de Sombrio.

Integrantes do RExLab participaram desta edição em diversas modalidades. Na quinta-feira (12/11), as professoras de física integrantes do RExLab Carine Heck e Karine Coelho realizaram o minicurso “A experimentação remota por dispositivos móveis ou convencionais com acesso a internet para o ensino de física”, o qual proporcionou aos participantes a oportunidade de conhecer uma ótima alternativa de apoio ao ensino de física.

 

RExLab realiza o I WITE

12241438_904622466253963_1198333455413201_n

Na última terça-feira (10/11), o RExLab realizou o I Workshop Integrador de Inovação e Tecnologias na Educação (I WITE). O Workshop teve como objetivo o incentivo da integração de tecnologias no ensino e aprendizagem, tendo como foco professores do ensino básico.

Os temas abordados pelo evento envolviam inserção de tecnologias no currículo escolar, ambientes virtuais de aprendizagem e dispositivos móveis e educação. Os temas tiveram sua demonstração por meio de oficina, mesa redonda e a apresentação de casos de sucesso onde professores do ensino básico apresentaram sua experiência com a aplicação de tecnologia nas suas salas de aula.

O WITE é uma iniciativa do programa InTecEdu (mais informações em http://rexlab.ufsc.br/intecedu.php), desenvolvido pelo RExLab e financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq);