O Primeiro Experimento

O projeto piloto do RExLab foi desenvolvido em 1997 e chamava-se Laboratório de Experimentação Remota. Permitia ao usuário rodar um programa para o microcontrolador 8051, desenvolvido no Laboratório. Tratava-se de um laboratório para complementar o ensino de microcontroladores.

O projeto piloto era composto de:

  • uma placa contendo o microcontrolador 8051 e outros componentes periféricos que permitiam a comunicação do mesmo com o PC;
  • um programa servidor (Lab-Rem-Servidor), que recebia informações do cliente (Lab- Rem-Cliente), as repassava ao 8051 e retornava ao cliente a reposta solicitada;
  • um programa cliente (Lab-Rem-Cliente), que carregava o código binário do programa do usuário, o transferia ao servidor (Lab-Rem-Servidor) para ser executado e permitia ao usuário solicitar a resposta que desejasse;
  • um website que continha as informações de como utilizar o sistema e possibilitava o download do programa Lab-Rem-Cliente.

O estudante que estudava o microcontrolador 8051 poderia, a partir do Lab-Rem-Cliente, conectar-se ao Lab-Rem-Servidor, carregar o programa que desejava testar e enviá-lo ao Servidor. O Servidor repassava o programa ao 8051, que o executava.

O usuário tinha, então, acesso aos resultados (quase todos os registradores e as posições de memória interna de 32 a 127), através do Lab-Rem-Cliente.

Estudantes de microcontroladores poderiam, portanto, fazer experiências práticas com o microcontrolador 8051 mesmo sem dispor do componente. É importante salientar que já se tratava de experiência real, não de simulação.

Este experimento foi citado e utilizado como exemplo no livro Programming and Customizing the 8051 Microcontroller (Programming and Customizing Microcontrollers, de Myke Predko.

Tela do Lab-Rem-Cliente

Placa RExLab 51